| Eu por mim |

Rio de Janeiro
35 anos
capricorniana
mãe do Jota
FELIZ
bem-resolvida




| É passado... |


Destino
Das mazelas que não são
O auge da reciclagem
Das coisas que preciso
Da série: explicando o inexplicável
Crossover
Não tem nada melhor pra TPM que bajulação. Você c...
Coisa de Pooooooobre
Um dia eu conheci um menino. E pra mim era só isso...
Pérolas


| Arquivos |


Julho 2004
Agosto 2004
Setembro 2004
Outubro 2004
Novembro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Julho 2006
Outubro 2006
Novembro 2009
Dezembro 2009


| Tô aqui também |

Reunião de Blogs
Metendo o Pau!


| Tops |

Aposentados
Bobby Bishop
Cafajeste (quase) Arrependido
Doutores da Alegria
Maldita Honey
Malvados
MusicalMente
Neurons & Shits
O que me define?
Pensar Enlouquece
Ponto Cego
Porta Curtas
Queer Closet
Quem no cosmos?
Se minha cama falasse...
Sopa de Letrinhas
Vai Chegando
ZeroK Begins





| A música do momento |


Ronald is Assassin
Search the Key

Fuck your health, fuck your body
Your life for me is not nothing
I want to vitiate you with my food

Come to hell with me
I love see you so heavy
Don’t see me like assassin
I am Ronald Mc`Donald and
I am just making my job

Please, come eat my delicious potato
Please, come eat my delicious hamburger
Yeah! Listen-me! Don’t eat on Bob`s!

Ronald is assassin
I love see you eat my food
Ronald is assassin
Come to hell with me
Assassin, assassin, assassin…

| Estatística |




on line



| Créditos |


Powered by Blogger

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Bravenet.com

LAYOUT BY CAFA ARREPENDIDO


Layout melhor visualizado em 800 X 600 pixels e I.E. 5 ou superior.



| quarta-feira, outubro 19, 2005 |


E eles não foram felizes para sempre...
ou como escapar de uma furada


Meninas, alerta máximo: tem homem que realmente acredita que casamento é tudo que uma mulher espera da vida.

Certo que existe esse tipo de mulher, cada vez mais em extinção eu acho, cujo único propósito da vida é o matrimônio, e que por isso se submete a todo o tipo de vontade do cara. Aí eles se esbaldam: querem ditar moda e comportamento, tornam-se verdadeiros déspotas, tudo isso com a anuência da fêmea.

Recadinho do coração: se você, rapaz bonito, educado, carinhoso e gentil, procura uma namorada do tipo 'massinha de modelar', não bata lá em casa. Com certeza não é o endereço que você procura.

Detesto gente que fica impondo sua presença, suas opiniões. Não gostou da minha calça? Passa amanhã. Achou minha blusa muito decotada? Ulalá, também acho lindinhos os 'meus queridos' (piada interna). Quer me dizer o que comer, o que vestir, como eu tenho que dormir, e até como eu tenho que escovar os dentes?!?!?!? Alowwww, você realmente não me conhece....

- você é muito livre, muito independente...
- sou mesmo, obrigada. E batalhei muito para alcançar essa condição, que fique claro. E não vai ser nenhum namoradinho de uma semana que vai mudar isso. Entendeu ou precisa de curso na França?

Ah, francamente...


Postado por Tati às 13:55