| Eu por mim |

Rio de Janeiro
35 anos
capricorniana
mãe do Jota
FELIZ
bem-resolvida




| É passado... |


Cássio
Funny
Solidariedade
Resoluções de Ano Novo
Receita para Eliminar Manchinhas da Alma
Um email
Ilustrando
Rapidinhas
Um Sapo Falante pra Começar o Dia
BackUp


| Arquivos |


Julho 2004
Agosto 2004
Setembro 2004
Outubro 2004
Novembro 2004
Dezembro 2004
Janeiro 2005
Fevereiro 2005
Março 2005
Abril 2005
Maio 2005
Junho 2005
Julho 2005
Agosto 2005
Setembro 2005
Outubro 2005
Novembro 2005
Janeiro 2006
Fevereiro 2006
Março 2006
Abril 2006
Julho 2006
Outubro 2006
Novembro 2009
Dezembro 2009


| Tô aqui também |

Reunião de Blogs
Metendo o Pau!


| Tops |

Aposentados
Bobby Bishop
Cafajeste (quase) Arrependido
Doutores da Alegria
Maldita Honey
Malvados
MusicalMente
Neurons & Shits
O que me define?
Pensar Enlouquece
Ponto Cego
Porta Curtas
Queer Closet
Quem no cosmos?
Se minha cama falasse...
Sopa de Letrinhas
Vai Chegando
ZeroK Begins





| A música do momento |


Ronald is Assassin
Search the Key

Fuck your health, fuck your body
Your life for me is not nothing
I want to vitiate you with my food

Come to hell with me
I love see you so heavy
Don’t see me like assassin
I am Ronald Mc`Donald and
I am just making my job

Please, come eat my delicious potato
Please, come eat my delicious hamburger
Yeah! Listen-me! Don’t eat on Bob`s!

Ronald is assassin
I love see you eat my food
Ronald is assassin
Come to hell with me
Assassin, assassin, assassin…

| Estatística |




on line



| Créditos |


Powered by Blogger

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

Bravenet.com

LAYOUT BY CAFA ARREPENDIDO


Layout melhor visualizado em 800 X 600 pixels e I.E. 5 ou superior.



| quarta-feira, janeiro 12, 2005 |


Astrônomos americanos detectaram pela primeira vez galáxias em colisão a cerca de cinco bilhões de anos-luz da Terra mediante a combinação de observações feitas pelo Telescópio Espacial Hubble e o Observatório Keck no Havaí.
Em um relatório da Sociedade de Astronomia dos EUA, os cientistas indicaram que as imagens, nas quais foi usada a parte infravermelha do espectro, revelam detalhes sem precedentes das galáxias que têm enormes buracos negros.
Segundo Jason Melbourne, autor principal do estudo, as conclusões iniciais da análise das imagens trouxeram algumas surpresas. "Nunca fora alcançado este nível de resolução espacial no segmento infravermelho", afimou Melbourne.
Segundo David Koo, professor de astronomia e astrofísica da Universidade da Califórnia, "esta é a primeira vez em que foi possível cobrir nestas imagens do Universo todas as longitudes de onda da luz, da óptica à infravermelha, com o mesmo nível de resolução espacial".
O astrônomo da Universidade da Califórnia afirmou que isto permitiu observar o que qualificou como "subestruturas" em galáxias distantes, e estudar as estrelas que as formam com uma precisão sem precedentes.
As imagens foram captadas por uma equipe do observatório Keck durante os testes de um sistema que utiliza um raio laser no telescópio de dez metros do observatório do Havaí.
Koo contou que com o laser em Keck "se abriu o céu para as observações ópticas adaptadas" e agora é possível dirigir o telescópio Keck a setores da abóbada celeste onde já existem as imagens fornecidas pelo Hubble.
No entanto, como o telescópio de Keck é quatro vezes maior que o Hubble, suas imagens podem ser quatro vezes mais nítidas que as do observatório espacial, assinalou.



Essa galáxia em tom de violeta parece estar
canalizando gás para o centro do buraco negro,
produzindo mais energia.

O universo não é mesmo maravilhoso? Cheio de mistérios...


Postado por Tati às 17:40